Contos eróticos: Um passeio mais que sensual na praia

Contos eróticos: Um passeio mais que sensual na praia

Quando tínhamos um apartamento em Icaraí, Caucaia – CE, sempre íamos nos feriados prolongados e fins de semanas. De manhã cedo sempre íamos caminhar na praia e com era propício fazíamos algumas estripulias.
A esposa sempre ia com um short transparente sem nada por baixo. Era gostoso ver os machos admirarem as coxas da minha mina, pois elas são maravilhosas, bem como sua bundinha arrebitada e que sabe a sua abertura que é maravilhosa. Ela nem se incomodava, ela sempre dizia estou com meu marido os outros que olhem, pois não dou a menor importância, eles que vão bater uma para se aliviarem.
De fato me dá o maior tesão saber que eles tem de se valer de uma punheta para aliviar a tensão deles. A minha eu aliviou como marido quer seja aqui na praia ou ao chegar ao nosso apartamento. Normalmente aliviávamos a tensão na praia, quando percebíamos que não havia ninguém por perto. Sempre caminhamos bastante para encontrar um lugar distante, tranquilo e onde poderíamos fazer sexo com as ondas do mar batendo nos nossos corpos.
Às vezes víamos alguns casais transando na praia, parávamos um pouco para observar os movimentos do sexo. Todos sabem que é delicioso ver um casal ou mais fazendo um sexo gostoso. Outra vezes parávamos um pouco adiante e fazíamos sexo, onde tudo era permitido, desde de chupadas deliciosas e penetrações em várias posições.

Um certo dia ao passarmos por um casal que fazia sexo, observamos cuidadosamente e paramos alguns metros do casal. Iniciamos nossas atividades e não percebemos que o casal havia parado o sexo deles e estavam caminhando na nossa direção. Quando demos pela presença do casal vimos que estavam nos observando bem perto. Convidamo-os para ficarem mais perto e continuarem com suas atividades. Neste momento, minha esposa estava pagando um belo boquete com a bunda na direção do casal e encoberta com o short transparente.
Eles reiniciaram suas atividades, mas logo o rapaz estava alisando a bunda da minha mulher. Ela tentou uma reação, mas eu falei para ela não se incomodar, pois ela sempre dizia que estando com o marido nada importava. Ela falou já que quer deixe ele explorar a minha bunda. O rapaz percebendo que eu não me incomodava passou a ser um pouco mais ousado e chegou a abertura da minha esposa, alisando carinhosamente. Ela deu um gemido, mostrando que estava gostando, mas ele não ousou mais nada por cerca de 10 minutos, ficando alisando as aberturas com carinho e minha esposa me chupando deliciosamente e a esposa do amigo, enquanto isso, montada e gemendo em um sobe e desce delicioso.

Então ele perguntou se podia ousar mais e eu consenti. Ele não perdeu tempo retirou o short da minha esposa e enfiou um dedo na buceta, sendo correspondido com um grito de prazer. Neste momento a esposa do amigo saiu de cima dele e veio oferecer a sua abertura para eu chupar e que bela fenda, saborosa e suculenta. Passando alguns minutos a minha esposa passou a chupar o amigo e a dele veio para cima de mim, montando deliciosamente com sua abertura bem apertada. Cavalgou por um bom tempo até eu gozar dentro dela e ai ela resolveu me limpar deliciosamente.
Enquanto isso minha esposa estava sendo devorada pelo amigo com as pernas abertas representado um quadro delicioso. Depois eu e a esposa do amigo termos terminados as nossas atividades, a minha esposa e o amigo ainda ficaram num papai e mamãe delicioso por mais de 10 minutos. Foi esta a primeira vez que observei uma pau entrando e saindo da fenda de uma mulher. 
Algo delicioso, imagem que conservo na mente até hoje. Depois desta primeira batalha fomos tomar banho de mar, cada um com seu parceiro. Como não somos de ferro recomeçamos, cada um com seu par nos beijarmos e nos acarinharmos deliciosamente. Nos aproximamos e iniciamos trocas de carinhos, ainda cada um com seu parceiro, mas passado as mãos nos parceiros trocadas. Não demorou muito estávamos de parceiros trocados e passamos para chupadas e penetrações de várias maneiras.
Foi uma maravilha vermos os parceiros gozarem com parceiros trocados e saírem destas atividades com sorrisos que demonstrava estarem satisfeitos sexualmente. Ainda nos encontramos no mesmo lugar e realizamos várias trocas.
Bem estas não foram nossa primeira parceria de sexo, mas foi umas das mais deliciosas.

Enviado por: adcasalce

Este post tem 13 comentários

  1. Acho que vou gozar

  2. Nossa estou latejando…hummm delicia

  3. Quer ajuda carina ?

  4. Nossa… Pena não ter experiências como estás, mas amo ler casais ativos e desfrutando de belas histórias e gozadas deliciosas..

  5. Delicia. Isso me lembra uma vez que transei com um casal numa praia deserta. Uma aventura pra lá de deliciosa. Fiquei excitado com esse conto, imaginando o cenário da minha experiencia

  6. O carina se esta querendo gozar então deixa eu ti chupar pra tu gozar na minha boca o que tu acha esta afim e se quiser pode me mandar uma mensagem pro meu e-mail ([email protected]) estou louco pra saber o que vc tem pra me dar, beijos

  7. Vou gozar gostoso

  8. Nossa que delícia, queria que meu esposo fosse liberal assim.

  9. Cacau meu Bem, gostaria que minha esposa fosse como voçê, pois sou o que seu marido não é, sou da bahia e voçe heim.
    contate comigo [email protected]

  10. Que delícia. Temos muita vontade de fazer uma brincadeira assim.

  11. Nossa quê delícia queria um casal do Rio de janeiro

Deixe uma resposta