Sou casado com uma mulher maravilhosa, tesuda, gostosa e muito atraente, ela tem 30 anos e eu 40.
Fazia tempo que eu notava a facilidade que ela tinha de chamar a atenção dos homens pelas roupas sexy que usava, pela forma sensual com que andava, sempre muito cheirosa, sorridente e simpática com todos a sua volta, sempre bonita e educada. Eu adoro esse jeito dela, é boa esposa, boa mulher, boa dona de casa e boa amante na cama. Não tenho do que reclamar, ela é completa e sabe dar prazer e satisfazer um homem.
Uma noite ao assistir um filme erótico na cama com ela, onde uma mulher muito bonita e de corpo perfeito, transava com dois homens morenos, fortes e muito bem dotados, de uma forma que deixava qualquer um louco de tesão,  a mulher punhetava, lambia, mamava e chupava os cacetes enormes dos dois machos, deixando-os cada vez maiores, bem duros e cabeçudos. Os dois caras do filme, tratavam a mulher com muito tesão e ela se acabava mamando a rola enorme dos dois com muito prazer, depois a mulher ficou de quatro e empinou bem a bunda e deixou a boceta bem exposta, escancarada e um dos machos veio por trás, apontou o cacetão enorme, bem duro e cabeçudo, na entrada da boceta melada da mulher gostosa e empurrou aos poucos, enquanto ela mamava o cacetão do outro moreno, enchendo a boca.  A mulher gemeu com a penetração na boceta e agasalhou o cacetão todo, dando uma prova de coragem e capacidade de fêmea no cio, depois os machos se revezaram, metendo gostoso na boceta dela sem dó nem piedade. Eu notava que a minha mulher não tirava os olhos do filme, acompanhava cada cena e se mexia na cama inquieta, os bicos dos seios dela estavam super duros, pareciam querer furar a camisola fininha que ela usava.
Eu passei a mão no corpo dela e ela se arrepiou toda, foi incrível, passei a mão na boceta dela e estava toda melada, vi que ela estava louca de tesão com as cenas do filme, falei que ela estava deliciosa assim toda tesuda e meladinha e ela sorriu, me chamando de taradinho safado e continuamos a ver o filme. Foi quando veio a cena mais incrível, onde a mulher sentou no cacetão de um dos machos, ficou cavalgando e empinando a bunda, mostrando o cuzinho e oferecendo para o outro macho penetrá-la com o cacetão enorme e cabeçudo, ela queria os dois paus enormes dentro dela, um na boceta e outro no cu e foi assim que os caras fizeram uma dupla penetração de tirar o fôlego dela.

Leia também:  Contos eróticos: Uma mulher para nós dois

Minha mulher chegou a suspirar e se contorceu na cama e consegui soltar a seguinte frase: “Minha nossa, como ela aguenta tudo isso”. Foi a deixa que eu queria para quebrar o silêncio e puxar uma conversa. Daí eu falei: “Quando a mulher quer e deixa o tesão falar mais alto, tudo é possível acontecer em sexo amor, esta é uma das maiores fantasias de homens e mulheres, pena que nem toda mulher topa realizar e tem homens que não tem coragem de revelar este desejo para a esposa, para não causar problemas na relação, por causa da ignorância de algumas mulheres e concluí dizendo: “Mas é muito excitante, dá muito tesão você não acha amor?”  E para minha surpresa ela respondeu: “Concordo com você, dá muito tesão mesmo, é muito erótico, eu estou toda melada só de ver essas cenas fortes, nem sei se vou conseguir dormir.”
Então eu sorri, dei um beijo nela e falei: “Espera para ver até o final, se você gostou até aqui, vai adorar o final dessa transa entre dois homens potentes e uma mulher fogosa, que se garante como fêmea para os dois machos, essa transa é  uma experiência incrível e uma fantasia muito sonhada por tantos casais. Ela ficou quieta e continuamos a ver o filme. Foi quando a mulher do filme, sendo penetrada pelos dois machos ao mesmo tempo, anunciou que ia gozar, se agitou entre os dois, gemeu, urrou e gozou tremendo, dando espasmos de tesão e prazer, enquanto recebia socadas firmes e vigorosas na boceta e no cu, deixando-a mole de tanto prazer. Os dois caras então, tiram os paus enormes de dentro dela e deram para ela mamar e ela mamou os dois, lambeu, punhetou na ponta da língua e recebeu toda carga de porra quente e grossa dos dois, que saiam em jatos fortes, enchendo a boca, de escorrer pelos lábios carnudos da mulher, que engoliu tudo e ainda passava a língua para não perder uma gota sequer. Por fim ela beijou os paus dos dois e ficaram sorrindo saciados e felizes.

Leia também:  Top contos eróticos de estudantes

Assim o filme acabou, desliguei o vídeo e ela disse: “Amor eu estou toda melada, não aguento mais de tesão, vem aqui vem”. Eu não pensei duas vezes levantei a camisola dela, tirei a calcinha e cai de boca na boceta melada dela, lambi, chupei, dedilhei o grelo dela, ela se contorcia de tesão e eu provocava cada vez mais, fiz ela ir nas nuvens e perguntei diretamente sem pestanejar, eu falei no ouvido dela: “Você quer transar com dois machos morenos com paus enormes, iguais aos do filme, acho que você vai adorar e gozar demais levando dois paus enormes e saboreando muita porra quentinha e grossa de dois machos potentes e bem dotados iguais aqueles, você quer, topa”? Perguntei e meti a boca na boceta dela, enfiei a língua o máximo que pude e ela gozou na hora, gemendo e se contorcendo toda, veio uma enxurrada de líquidos que encheu a minha boca, engoli todo aquele mel delicioso, lambi bastante o grelo dela e deixei a buceta dela limpinha. Depois coloquei-a de quatro, bem empinadinha e enterrei o meu pau na buceta dela, soquei forte com vigor, ela se arrepiava toda, gemia, se arreganhava toda e empinava bem a bunda, deixando o cuzinho bem exposto, me convidando para meter a rola e foi o que eu fiz, tirei o pau da boceta e enterrei no cuzinho dela, o pau estava duro demais e entrou apertado no cuzinho quente, macio e delicioso dela, ela gemia de tesão e prazer e eu socava até o talo, meu saco batia na buceta melada dela e ela dizia: “Ai amor que delícia, que tesão maravilhoso, seu pau está enorme no meu cuzinho, você vai me fazer gozar de novo seu safado taradinho. Nesse momento eu perguntei: “Então goza gostoso no meu pau e me responde, você quer dar para dois machos com paus enormes quer?”  Ela empurrou a bunda para trás engolindo mais o meu pau com o cu, rebolou bem gostoso, gemeu alto e gozou urrando, enquanto dizia: ” Sim amor, eu quero dar para dois machos com paus enormes e bem cabeçudos igual aos do filme, quero receber dois paus enormes dentro de mim igual a mulher do filme, quero gozar gostoso com dois  machos, saborear e engolir muita porra quente, grossa e deliciosa igual a mulher do filme, eu queria estar no lugar dela amor, não estava aguentando de tesão, vai amor, soca gostoso e enche o meu cuzinho de porra, dá leitinho pra mim dá, quero na boquinha também, dá seu leite dá”. E assim eu gozei junto com ela, descarregando toda carga de porra no cuzinho e o restante na boquinha quente e macia dela.
Depois nos beijamos olhando nos olhos um do outro, sorrindo felizes e satisfeitos.
Dormimos exaustos do gozo imenso, foi uma das melhores fodas que já aconteceu entre nós dois e depois desse dia, decidimos conversar bastante sobre realizar esta deliciosa fantasia, que nos deixa loucos de tesão, toda vez que a gente transa. Ela já aceitou a ideia de dar para dois machos com paus enormes e está esperando ansiosa para conhecer os dois sortudos.
Estamos pesquisando bastante e selecionando alguns candidatos que fazem os olhos dela brilharem e a buceta ficar alagada. Ela fica muito animada e com certeza vai acontecer na real em breve. Eu gozo demais, só de imaginá-la levando paus enormes de dois machos, igual a mulher do filme.

Leia também:  Contos eróticos: Sou hétero mas gosto de pegar em uma rola

Enviado por Marido Tarado

Quer ver seu Conto Erótico Real publicado na Revista Sexlog?
CLIQUE AQUI E ENVIE SUA HISTÓRIA PICANTE

Se você gostou deste Conto Grátis, comente aí…